terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Psicose


 Livro de Bd escrito por Miguel Costa Ferreira e desenhado por João Sequeira 
[p/b - 64 páginas - encadernado com lombada em tecido e fitilho de marcação]


psicose [psi'kɔ] s.f. Doença mental em que a personalidade se desintegra de forma profunda, com perturbações da percepção, do raciocínio e do comportamento, das quais o paciente não tem consciência (Do grego psykhé, «alma, ego ou mente» +-ose)

O que será a realidade? Será de facto perturbada uma mente que vê o que outros não veem? Será sensato rotular de louco quem insista numa realidade diferente da defendida pela maioria como sendo a verdadeira? “Psicose” navega pela mente de uma pessoa diferente. Louco ou não, louco ou são, ficará ao critério de cada um.

João Sequeira e Miguel Costa Ferreira conheceram-se na Tertúlia BD de Lisboa, organizada por Geraldes Lino e desde logo surgiu a vontade mútua de uma colaboração. Praticamente sem se conhecerem ainda, produziram a obra vencedora no seu escalão do concurso do Festival Internacional de BD da Amadora em 2010. Perante o inesperado mas motivador sucesso, criaram mais uma BD curta que viria a vencer o concurso do Festival Moura BD de 2011. Produziram ainda um obra em inglês, destinada a um concurso internacional sérvio. Decidiram então criar uma BD mais extensa, tendo surgido Psicose, história que dá nome ao livro que se apresenta como uma compilação de todos os trabalhos que surgiram da colaboração entre a dupla.

PVP: 15€ (desconto 20% para associados da CCC) à venda na loja em linha da Chili Com Carne

Sobre os autores:
Miguel Costa Ferreira - Decorria o terrível ano de 2005 quando decidiu criar um blog onde começou a publicar os seus devaneios néscios sob a forma de crónicas e contos. O sucesso da iniciativa foi de tal forma estrondoso que ao fim de cinco anos contava já com o surpreendente número de 7 seguidores! O espalhar da sua fama a nível mundial fez com que, no decorrer do funesto ano de 2010, se envolvesse com o Grupo Entropia e fizesse as suas primeiras investidas no universo da BD, em colaboração com a Ana Saúde. Passou a ser frequentador assíduo da Tertúlia BD de Lisboa onde fantasia ser argumentista e inicia uma colaboração com João Sequeira da qual sairam obras vencedoras em vários concursos. Esta parceria culmina com o lançamento do livro Psicose, uma compilação de todos os trabalhos em conjunto com este artista.
João  Sequeira (Portalegre, 1971) licenciado em Arquitectura (1995), faz BD desde 1994: “Big Joe and the phantom 309” catálogo do festival de BD de Ourense (Espanha) 1994; “Milú - uma história de amor” e “Aporcalipse” ambas com Miguel Mocho – fanzine Apalpalhão #1, “Metamorfina” com texto de M. Mocho – Lx Comics #17, Bedeteca de Lisboa; “Tudo o que é sólido dissolve-se no ar” com texto de Luís Henriques – fanzine Alçapão # 2; “O homem que passeava um papagaio atrelado a um rádio portátil” – fanzine Gambuzine #1 – 2º série; “Havia um homem zangado com tudo” com texto de Baptista Bastos – fanzine Tertúlia BDzine #153, “Western a cores” com texto de M. Mocho - fanzine Tertúlia BDzine #155-156, “Corto no Alentejo” com texto de Luís Pedro Cruz – fanzine Efeméride #5 – Corto Maltese no Sec. XXI, “Contos de horror e outras quinquelharias”, com texto de Cátia Alves – fanzine Tertúlia BDzine #172. Vive em Alpalhão e trabalha em Nisa.

Sem comentários: