segunda-feira, 14 de abril de 2014

Nova fornada do Clube do Inferno

Verdades Satânicas de 15 em 15 minutos:

1) este fim-de-semana aconteceu o evento mais punk do ano nem que fosse pelo facto de estarem mesmo presentes na Morta punks velhos e straight-edges anacrónicos.

2) quem fez o cartaz desta edição da Morta foi o André Pereira que faz parte do colectivo  de autores de BD Clube do Inferno e que lançaram lá novos zines, embora não estivessem presentes no evento - estiveram aonde os toscos?

3) o Clube do Inferno é o colectivo português mais interessante nos dias que correm e as novidades comprovam isso...

4) Need More Love é a continuação de Lovebirds (já referido aqui) e está mais rude graficamante e badalhoca a nível de conteúdo neste drama existêncialista S/M Gay - no fundo acho que era isto que o Chris Ware gostaria de fazer. Na falta de uma conclusão, até porque há uma promessa de continuar no promissor próximo título The Day the Masses Left History, não comento mais mas este número até parece uma exploração comercial e apressada do "sucesso" que Astromanta (ah! sim, é o nome do autor!) está a ter na erotic shop Purple Rose com a exposição do Lovebirds...

5) Yup, Gay vende bem... é uma verdade Satânica!

666) O Mao fez o segundo volume de Radiation - e já estou arrependido de não ter comprado o primeiro volume - que deu um ou dois saltos quânticos em qualidade de conteúdo... Se no primeiro volume alguém tinha comparado o seu trabalho a Jens Harder, eu diria que isso pode ser verdade mas a cosmogonia de Mao pode incluir actualmente a malta de Fort Thunder, Mat Brinkman ou Brian Chippendale, ou até Sam Hiti embora tudo isto seja redundante porque Mao conta outra coisa nada haver. É um universo-bestiário biológico pós-qualquer coisa ou apenas "alien" em que neste volume Mao acrescentou uma brincadeira interactiva de leitura. Nas páginas centrais do zine pode-se ler a BD prá folheando prá esquerda (à japonesa) e para a direita. Tricky!

Sem comentários: