sexta-feira, 8 de julho de 2016

Aspiração Horrífica / Vacuum Horror ±±± últimos 30 exemplares!!!


Comix by Aaron $hunga
Published by MMMNNNRRRG
...
Infamous and legendary 'net comix finally in bookform... In English with Portuguese subtitles. First published the extinguished site "uranium cocktail" this is a delirious comix that could be compared to Manga Ero Goru (Japonese grotesque erotica comics) / Infame e lendária bd na 'net finalmente publicada como livro... Em inglês com legendas em português. Publicada originalmente no extinto site "uranium cocktail", esta delirante banda desenhada pode ser comparada com Manga Ero Goru - bd japonesa erótica e grotesca. O autor entretanto tem sido publicado em Portugal através do prestigiado zine Lodaçal Comix, editado pela Ruru Comix.
...
56p 16,5x23cm b/w with colour cover
LAST 30 copies AVAILABLE from 500 copies printrun / ISBN: 978-989-97304-3-4
Design: Joana Pires / Tradução para português: Ondina Pires


...
PVP: 6,66€ compra / buy: Associação Chili Com Carne, Matéria Prima, Mundo Fantasma, Letra Livre, StaalplaatTimeless Shop (França), Artes & Letras, Quimby's (Chicago), Floating World Comics (Portland), Lambiek (Holanda), LAC (Lagos), Sarvilevyt (Finlândia), Orbital (London), Fat Bottom Books (Barcelona), Seite Books (Los Angeles) e Black Mamba.
...
Historial: publicada originalmente no extinto site uraniumcocktail.com em 2004 ... lançado como livro na 19ª Feira Laica Internacional ... edição finlandesa para Março 2012 pela Huuda Huuda ...

Feedback : I got this Aaron K comic in high school, and it is one of my all-time favorites. I think I've lent it to more friends any other comic I own Michael Deforge ... Vacuum Horror is... so good... haven't read something so good in quite a while... I'm going to be promoting it over the internet in the next days.. everyone must read it!!! $hunga is a genius... I remember his stuff from livejournal and it seemed too obscure for me, but now i totally get it!!! Inês Estrada ... El planteamiento de $hunga es sencillo y a la vez delirante: el presidente de Estados Unidos declara, por televisión, que solo por el día de mañana todos los crímenes serán legales: pillaje, vandalismo, uso de drogas, cualquier acto violento y, por supuesto, VIOLACIÓN. La cosa pinta bastante bien ¿Quién no ha pensado en eso cuando te hacen esa pregunta tan chorra de qué harías el último día de tu vida? Porque la cosa esta clara: mañana es el último día de vida en el planeta tierra. Pero esto nadie lo sabe, y mejor. No perdamos el tiempo con arrepentimientos, buenas acciones ni pasarlo en familia. Bueno, en familia si, ya que la pederastia también está permitido ¿no? Y eso. Que lo de $huga se deberá a las tormentas solares o a la lectura compulsiva de Shintaro Kago o Suehiro Maruo entre otros. Si te estas preparando para el fin del mundo, este es tu cómic, segurísimo. ¿Qué más puedo añadir sobre "Vacuum Horror"? ¿Mencioné que los invasores son aspiradoras extraterrestres provenientes de una galaxia lejana y que su lider es un gato?... Bolido de Fuego ... the Vacuum Horror book is one of the strangest I have seen in years. It may have some Maruo influences, but vacuum cleaners? Now there is an obscure fascination. Marcel Ruijters ... Cuando lees Vacuum Horror, sientes el trazo de Aaron lleno de fuerza, como si estuviera desesperado por contar esa historia de la manera más directa y al mismo tiempo sin escatimar en detalles. Todas las escenas de gente siendo destripada y destazada están expuestas perfectamente, con un ritmo impecable que te hace sentir cada golpe y cada corte. Y en un parpadeo, acabas de leer todo el libro y no sabes qué hacer. Es un drama horriblemente bello. Vice (México) ... I don't know is it is conscious or not, but strong influence/feel of Shintaro Kago. Weird absurd story of Abraham Lincoln starting apocalypse by announcing day free of penalties for any criminal actions. Instantly entire population appears to plan for child rape and murder. Vacuum cleaners from outer-space are approaching to annihilate mankind. And all sorts of weirdness. (...) Should be worth grabbing if you see somewhere. Freak Animal / Special Interests ... Só pela capa e contracapa já se justificava a compra deste Vacuum Horror escrito e desenhado por Shunga de modo completamente alucinado. o argumento não lembraria a mais ninguém: o presidente dos estados unidos anuncia na televisão que no dia de amanhã todos os crimes serão legais. Tortura, roubo, morte, violação... tudo será permitido apenas por um único dia, mas isto é o bastante para a extinção do Planeta Terra, cujo arsenal nuclear nele existente poderia arrebentar 10 vezes com o mundo. (...) Uma boa edição mas que não é para todos os gostos. André Azevedo / BD no Sotão ... tem início com um temeroso anúncio na TV por parte do presidente dos Estados Unidos (que estranhamente parece ser o Abraham Lincoln). Segundo o mesmo no próximo dia toda e qualquer tipo de criminalidade será permitida durante 24 horas. Rapidamente percebemos que isto não é uma boa ideia, particularmente quando uma das personagens lança um olhar perverso para debaixo da saia da sua própria filha. (...) Não será uma história comum ou muito menos tradicional, quando os envolvidos são uma jovem e um aspirador, mas Vacuum Horror no seu cerne acaba por ser uma história de amor e sobre as barreiras que por vezes se quebram para este triunfar. Como pano de fundo temos uma das mais severas e exacerbadas críticas ao lado negro da Humanidade, onde temas como o niilismo ou o meio-ambiente são explorados pelo autor (...) Para quem gosta de BD's provocadoras, sem qualquer tipo de limites, mas principalmente para os apaixonados pelo bizarro, deixo esta sugestão de uma curta mas, sem dúvida, inesquecível história. Alternative Prison ... Vacuum Horror de Aaron Shunga nos pone en un supuesto con el que varios creadores están especulando ahora en plena crisis: días de purga. (...) es un título delirante que juega a medio camino entre el exceso, lo transgresor y la experimentación a través de una estética feista que recuerda a los maestros del ero guro, que busca en su base desarrollar un discurso propio a través de una narrativa que no tiene nada que ver con el comic independiente al uso. Miguel A. Perez-Gomez / Entrecomics



algumas páginas aqui / preview some pages here:



Sem comentários: