quarta-feira, 30 de maio de 2018

terça-feira, 29 de maio de 2018

Maga em linha

Caminha para esgotar completamente mas aproveitamos já para coloca a Maga em linha no issuu.com, boas leituras para quem não a apanhou - mas ainda vai a tempo AQUI.

sábado, 26 de maio de 2018

Santa Camarão


José Santa "Camarão" (1902-1963) foi um dos maiores boxistas do mundo e com uma história de vida avassaladora.

Esquecido pelo tempo, Xavier Almeida propõe trazé-lo à memória com uma biografia baseada num caderno escrito pelo próprio Santa que relata a primeira parte da sua vida: da sua infância em Ovar à juventude em Lisboa, onde culmina com o inicio da sua vida profissional.

Esta é a parte menos conhecida do Santa Camarão, no entanto a mais épica. Pois é neste período que se constrói a sua personagem e a sua carga melancólica, triste, solitária, perdida...e talvez a mais fascinante.

É de referir a colaboração de Pato Bravo (aka de B Fachada, que por sua vez é aka de Bernardo Fachada) no argumento desta banda desenhada. Uma colaboração com Almeida que já vem do tempo da Violência Electro-Doméstica.

O livro teve o apoio das Câmaras Municipais de Ovar e Lisboa. 

à venda na loja virtual da Chili Com Carne e na Artes & Letras, Letra Livre, Mundo Fantasma, BdMania, Tasca Mastai, Bertrand, MOB, Gateway City Comics, You to You...

BUY ouside of Portugal at Quimby's (USA), Neurotitan (Germany)...

Historial: lançado oficialmente no dia 18 de Novembro de 2017 no Grupo Sportivo Adicense (Alfama) com Pato Bravo, DJ Tempos Livres, António Caramelo e uma aula livre de boxe ...  artigo n'O Corvo ... Conversa com Rahul Kumar, Mestre Paulo Seco, Xavier AlmeidaMarcos Farrajota na Tigre de Papel no dia 22 de Novembro de 2017 ... Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal ... artigo na TSF ... lançamento em Ovar no Bar Ideal, 23 Dezembro 2017 ... lançamento na Inc (Porto) no 25 Abril 2018 ...

:::

Feedback:

(...) Almeida ergue uma narrativa cuja força está na melancolia e na consciência do abismo, dentro e fora do ringue, muito mais do que no brilho dos punhos capazes de derrubar um adversário com apenas um gancho.
5 estrelas

Muito ternurento e cinematográfico
André Ruivo (por e-mail)

Santa Camarão é muito belo enquanto história, e bate forte. Sem nenhuma das cassetes e truques de BD, e que nos faz querer voltar a aprender a desenhar. Desarma. Lá dizia o poeta que o bom poema é aquele que não se desvanece no significado. Este livro e Berlim : Cidade Sem Sombras são como esse poema de que fala o Paul Valery. Resistem, não se limitam ao que aparece.
Francisco Sousa Lobo (e-mail)

Loved the boxing story...
Andy Brown (Conundrum Press)

Uma vida não é feita apenas pelos seus eventos e marcos superficiais. Esta (auto)biografia demonstra-lo.

sexta-feira, 25 de maio de 2018

pentângulo@festival.de.beja


Estaremos neste festival de BD com uma exposição do Pentângulo, ou seja, originais de BD publicadas nesta antologia co-editada com a escola Ar.Co.
Algumas edições estarão lá no mercado e é isso...

quarta-feira, 23 de maio de 2018

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Moules music


O Tremor, meu!... no meio das arrumações em casa reparo que me esqueci de fazer uma resenha ao belga Manu Louis que na edição do ano passado do festival deu um espectáculo todo-público num restaurante pipi assim, tipo gourmet e tal. Louis vestido com um avental, com ar de precário, na matinê de jovens talentos da escola de hotelaria (entre isto e os da FNAC venha o Diabo e escolha) foi super-divertido e good vibe. Provou que um "one-man-band" não precisa ser só Blues farçolas, pode ser um gajo com dois computadores, um para mostrar vídeos de patos e outro para despejar sons, voz e guitarra com montes de pedais a fazer música de feira antes da música de feira ser só martelos ou kizomba. Cabaret absurdo da geração empreendedora, convenceu-me a deixar o meu e-mail na sua "mailing-list" e a comprar um single 7" com duas musiquinhas catitas - editado pela New Pangea (2015). Passado um ano, eis uma bela recordação dos Açores...

domingo, 20 de maio de 2018

Malus aprovado por 10 000 Russos & ÚLTIMOS 20 exemplares!!!!



Malus de Christopher Webster

Editado pela MMMNNNRRRG em  2005
108p. 17x26cm p/b, capa dura 2 cores
ISBN: 972-98527-4-X


Originalmente editado entre 1995 e 1997 em 4 números no formato fanzine pelo autor - que nos visitou em 2000 durante o "Zalão de Danda Besenhada" - Malus foi finalmente compilado em livro pela editora de "material bruto" MMMNNNRRRG no original - em inglês mas com tradução em português. Obra de ritmo alucinado de influências tão diversificadas - é comparada tanto ao Akira como a Frank Miller como a David Lynch - que criam confusão aos mais puristas. Será uma história de Ficção Científica? de Super-heróis? Um conto de fadas entrópico? Uma sucessão de factos orgánicos?
Algumas páginas aqui.

Interessante BD por capítulos, da autoria de Chris Webster in Catálogo Expofanzines, Xornadas de BD de Ourense Cocktail do melhor de todas as escolas de BD: a europeia, a americana e a japonesa. Nas secções de cartas comparam (Malus) a tudo que é BD «e não só…» deste mundo: Ted Mckeever, Akira, Jack Kirby, Mazzuchelli, Eraserhead de David Lynch, Paul Pope, Bladerunner… in Mesinha de Cabeceira + feedback aqui. E sim os 10 000 Russos curtiram deste livro!


À venda na loja da Chili Com Carne, LAC, BdMania, Fábrica Features, Tasca Mastai, Mundo Fantasma, NeurotitanGosh Comics, OrbitalLambiek, Sarvilevyt, FNAC, Dead Head Comics, Tigre de Papel e Seite Books.

sobre o autor: estudou pintura, trabalha actualmente da Tate Gallery, frequentou aulas de BD com o famoso David Lloyd (desenhador de V de Vingança de Alan Moore) e teve vários trabalhos publicados em Inglaterra, EUA e Japão (para a importante Kodansha).

sábado, 5 de maio de 2018

ccc±@feira.morta@village.underground


Nem sabemos o que nos metemos mas um representante nosso vai estar numa Feira Morta na Festa dos 4 anos do Village Underground (nunca lá metemos os pés, é só betos?) em Alcântara. Será apenas uma pequena selecção dos nossos livros, nada de especial...