segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Antas



"Escreve" Pedro Cleto no JN que o Zona de Desconforto ganhou o prémio da BD Amadora não pela obra ter qualidade mas por ser uma "edição marginal". Ele tem toda a razão, a obra não tem qualidade e é justamente por isso que mereceu um prémio da BD Amadora! O estranho é que este divulgador nortenho nunca antes ter dito isto de todas as obras já premiadas na Amadora que também não tinham qualidade... é mesmo estranho porque só nós é que merecemos este comentário. Vá Pedro vai brincar com os bonecos, vai, isto não é para a tua idade!

2 comentários:

Unknown disse...

Boas,

Creio que talvez possa existir algum equívoco com a interpretação do artigo. Na minha leitura, a atribuição do prémio ao Zona de Desconforto foi motivo de surpresa para o articulista por se tratar de uma edição dita "marginal" e não pela qualidade da obra, a qual ele não contesta.

MMMNNNRRRG disse...

e então? o que isso muda? porque foi necessário? O Pedro Cleto que fez parte do saudoso Salão do Porto, do Quadrado e que conhece o trabalho da CCC ainda tem de escrever sobre "qualidade" no artigo? Ou sobre "marginalidade" quando os livros da CCC sempre estiveram em FNACs e outras livrarias? A única "marginalidade" foi a Amadora ignorar a CCC durante 25 anos. Ao escreve nestes termos escarra sobre o seu próprio passado e impede de pensar que o futuro poderia ser este tipo de BD invés dos piçasboys e outros subprodutos à americana que nunca são questionados nas suas resenhas e blogues... é triste! Daí este exagero, confesso, de reacção mas também é uma óptima altura para abrir os olhos!
abraços
M